POSITAL

Senha ou email incorretos. Por favor, tente novamente.

INTERBUS

interbus_encoder

Geral

O INTERBUS foi desenvolvido pela empresa Phoenix Contact. Essa especificação popularizou-se desde 1987 e componentes INTERBUS estão disponíveis em mais de 200 fabricantes. O Interbus é um sistema rápido, universal e aberto de bus sensor / atuador com um mestre e vários escravos. A taxa de transmissão de dados e a expansão do bus são independentes um do outro. A taxa bruta de transmissão de dados é 500kBit /s, a taxa líquida de transmissão de dados é de 300kBit /s. Para aplicações especiais com cabos de fibra óptica, é possível alcançar taxas de transmissão de dados de 2 Mbit /s. O número de usuários é limitado a 512.

Estrutura

Um sistema INTERBUS tem uma estrutura em forma de anel. Uma ramificação compacta seguindo uma certa direção no sistema é usada para a conexão com o bus. Começando com o mestre (PLC ou IPC), o sistema de bus liga o respectivo controle ou sistemas de computador com os módulos de entrada e de saída de periféricos. A linha principal do sistema é chamado de bus remoto e é capaz de cobrir distâncias de até 12,8 km, entre as estações periféricas. É possível estabelecer ramais a partir do bus remoto. Estes ramais podem ser seja um bus remoto da instalação ou um bus local. A transferência de dados é feita através do protocolo-quadro „shift register with sum“ (em um ciclo de dados, todos os dados são deslocados através do anel).

Características

Encoder POSITAL com Interface INTERBUS

O encoder rotativo absoluto é um usuário remoto do bus. Cada um dos usuários e conectado por um cabo do bus da instalação. Esse cabo transporta tanto a linha do bus vindo do master como a linha de retorno. A conexão entre o encoder rotativo e o bus é feits por dois conectores de 9 pinos (macho e fêmea). Não é necessário atribuir endereços, posto que o endereço de cada usuário individual é dado por sua posição física no bus. O projeto e a parametrização podem ser feitos por exemplo com o software INTERBUS CMD ou com PC Works.

Perfis do Encoder

Três perfis são regulados pelo grupo de usuários ENCOM para assegurar uma transferência de dados sem interrupções entre os terminais de diferentes fabricantes: Os encoders rotativos FRABA podem ser fornecidos em K1, K2 and K3.

INTERBUS Loop2

Para conectar cada um dos sensores e atuadores de forma econômica, foi desenvolvida uma tecnologia de transmissão adaptada a várias condições comuns de funcionamento. Isso é chamado de loop do INTERBUS. O loop do INTERBUS conecta terminais a um loop através de um simples cabo bifilar não blindado. Usando esses dois fios, a informação de dados e a tensão de alimentação são fornecidas simultaneamente. A comunicação de dados ocorre sob a forma de sinais de corrente independentes da carga. Por este método, o loop do INTERBUS torna-se tão livre de interferências que torna desnecessário um cabo blindado. O acoplamento do Loop do INTERBUS para o bus remoto do INTERBUS é feito por uma barra de ligação especial. 63 participantes do loop do INTERBUS podem ser conectados por cada barra de ligação. O sucessor do loop do INTERBUS, o loop INTERBUS 2 contém um relatório integrado e um gestor de diagnóstico e possibilita uma maior distância entre os usuários do loop. A distância máxima entre os terminais é de 20 m, e o comprimento máximo do loop é de 200 m.

INTERBUS LWL

Para aplicações que exijam maior imunidade a ruídos ou altas taxas de transmissão de dados, há disponíveis cabos de fibra ótica como uma alternativa aos meios convencionais de transmissão. O Supi 3 OPC (Optical Protocol Chip) é usado nesses esses casos. Ele permite um diagnóstico à distância e ajuste da potência ótica para transmissores LWL. O cabo de fibra óptica pode ser facilmente conectado a uma rede existente INTERBUS através de uma barra de bus. As vantagens deste sistema são uma alta imunidade a ruídos e também taxas de transmissão de dados de até 2 Mbit / s.